10 dicas de como migrar para o Linux

Sei que você já pensou um dia em migrar para o Linux. Sei também que você até deseja isso mas não sabe como. Baseado nesse problema, segue abaixo uma pequena sequência de 10 dicas que vão te ajudar durante esse processo, que pode até ser doloroso no início, mas muito prazeroso no final.

Google

Use e abuse do seu amigo virtual. Procure tirar toda e qualquer dúvida que você tenha jogando tudo no Google. Se não achar logo de cara o que tu procuras, use sinônimos e termos em inglês. Seja curioso.

Linux não é Windows

Você pode até ser um grande fã do sistema Windows, mas quando for usar Linux, saiba que vai ser tudo diferente. Não tente comparar os dois sistemas que você vai sair frustrado. É como comparar a atual namorada com a ex-namorada. A atual não tem a obrigação de ter as mesmas qualidades da ex. Você é quem tem que se adaptar a essa nova realidade.

Tempo

Uma das coisas que você precisa ter antes de se aventurar pelo Linux é tempo livre. Tempo para pesquisar, tempo para ler, tempo para errar e corrigir. O método de tentativa e erro no Linux é o melhor método que tem para aprender. Você tem que testar programas, configurações, distribuições e comandos para sentir todo o poder que o sistema te oferece. Quanto mais tempo livre para brincar com o sistema, mais domínio obterá.

Paciência

O Linux é um sistema que faz você pensar. E isso é bom. Mas não se você é impaciente e quer tudo na mãozinha. Se tu és mimado, recomendo amadurecer um pouco antes de se aventurar no sistema. Do contrário, você vai ser desafiado quando um problema surgir. Leia todas as informações que aparecer na sua tela. O erro muitas vezes já traz consigo a própria solução. Não raro o sistema já te informa qual o comando que o corrige. Mas para a solução acontecer, você vai precisar ler, pensar e solucionar.

Distros são diferentes

Uma distro não é igual a outra. Distribuições Linux são sistemas que possuem o mesmo núcleo porém possuem filosofia de construção, pacotes, equipes e softwares diferentes. Vale a pena passear por todas elas para que você possa aprender e escolher aquela que melhor se adapta a você e à sua realidade.

linux migrar

Testes

Antes de migrar de vez para o Linux, recomendamos que você teste as diversas distros para criar empatia com o sistema. Para isso você pode fazer uso dos chamados Live CD’s, que é o sistema operacional dentro do CD, prontinho para ser usado e sem precisar instalar na máquina.

Amigos

Procure um amigo que conheça o Linux. Tentar instalar o Linux sem ter qualquer base inicial pode ser complicado e desmotivador. Peça conselhos e, acima de tudo, peça para algum usuário Linux que você conheça ir junto com e ajudá-lo no processo de instalação. Você vai perceber que o bicho não tem 7 cabeças.

Backup

Faça backup de seus dados do Windows caso venha a usar os dois sistemas juntos. Lembre-se que qualquer problema que você tenha na instalação pode deixá-lo sem o Linux e sem o Windows.

Conhecer antes de migrar

Não instale o Linux se você não sabe o que está fazendo. Imprima tutoriais que te expliquem como virar usuário “root” (administrador do sistema) e como conectar na Internet. Veja artigos na internet que explicam o processo de instalação da distro que você quer usar.

Use-o

E se você instalou o Linux, use-o até se acostumar. Muitos dos que estão desencantados com o Linux foram aqueles que se renderam muito rapidamente. Na vida nada se consegue sem esforço e tudo vira um hábito. Vá usando e aprendendo a cada dia.

Sempre vale a pena aprender algo novo. Como o Linux, também é gratificante aprender outro idioma ou viajar pelo mundo e conhecer outras culturas. Não se limite a depender apenas de um sistema. Expanda seus horizontes, voe mais alto, porque a vida em si já é muito curta.

Helbert Rocha

Business & Linux Admin | Digital Mkter | Live in Rio | Love Jesus
Google+