O colapso econômico é bom para o software livre?

Estamos assistindo nos noticiários que os EUA estão muito endividados e à beira de uma moratória. O Presidente Barack Obama tem passado tempos difíceis para resolver essa situação da melhor maneira possível para que o sistema financeiro mundial não perca a credibilidade levando o mundo para um colapso econômico. Mas o que tem o Linux com isso? Vejamos.

Quando o dinheiro se torna escasso a licença de software se torna um luxo inacessível. Em muitos países pobres as lojas de eletrônicos vendem seus computadores de baixo custo com uma combinação de peças antigas e novas. Estas lojas não têm acordos de licenciamento por volume com a Microsoft, e quase que invariavelmente elas instalam cópias piratas do Windows. Estas cópias tornam-se presas fáceis para vírus permitindo que a máquina seja transformada em um bot para o lançamento de ataques DDoS.

Devido aos riscos de segurança e questões legais, faria sentido evitar softwares piratas enquanto uma alternativa segura e funcional livre já existe. E isso tudo deveria criar uma abertura para o uso do Linux. No entanto, a Microsoft (e mais recentemente, a Apple) capturam os corações e mentes do mercado de massa. Pessoas dos países mais pobres, compreensivelmente, querem recuperar o atraso em relação ao mundo dos ricos e desenvolvidos para com o que eles consideram ser “o melhor”. E com isso tendem a repetir os mesmos hábitos de consumo dos países ricos.

Mas com uma dificuldade econômica que não se via desde a Grande Depressão dos anos 30, podemos pelo menos esperar um renascimento do Linux. Como diz o velho ditado: cada nuvem tem seu forro de prata. Talvez daqui a 50 anos nossos netos vivam em um paraíso próspero onde todo o trabalho físico duro é feito por robôs. Todo mundo vai ter muito tempo livre para desfrutar de televisores com tecnologia holográfica em 3D durante as férias anuais de 3 meses com a opção de fazer uma viagem para Marte ou uma das luas de Júpiter. Alternativamente, podem estar vivendo na floresta (ou o que sobrou dela), reunidos em torno de uma fogueira nas ruínas de cidades abandonadas do mundo onde os velhos contam sobre coisas mágicas que uma vez se viu, como a eletricidade, iPhones, e uma incrível tecnologia chamada Linux.

Helbert Rocha

Business & Linux Admin | Digital Mkter | Live in Rio | Love Jesus
Google+