Linux Facts: do que o Linux é capaz

Esse artigo é dedicado inteiramente aos novos usuários ou aqueles que hesitam em usar Linux. Citaremos agora muitas coisas que se pode fazer usando Linux e que não podemos fazer quando utilizamos o Windows como sistema operacional. Esse artigo visa apenas a propagar a informação já que percebo que mesmo após mais de 15 anos de Linux, ainda hoje existem pessoas que possuem total desconhecimento do que é Linux, acham que é uma imitação do Windows, ou não sabem do que ele é capaz.

Linux Facts

  • Atualizar o sistema legalmente para a última versão disponível e gratuitamente.
  • Uma versão mais recente do sistema operacional roda mais rápido que a versão anterior na mesma máquina.
  • Facilmente instala e roda diferentes interfaces gráficas.
  • Instalar 20 programas com um único comando.
  • Atualizar automaticamente todos os programas que tenho instalado.
  • Instalar a mesma cópia do meu Linux em vários computadores sem ter que se preocupar com restrições de licença ou de chaves de ativação.
  • Dar várias cópias do sistema operacional e outros programas, sem violar qualquer lei governamental, ética ou moral.
  • Ter o controle total sobre o meu PC e saber que não existem portas secretas no meu software pelas minhas costas criadas por software mal-intencionado, empresas ou governos.
  • Não precisar de antivírus ou reiniciar meu computador durante meses, até mesmo ao atualizar o sistema com as últimas atualizações de segurança.
  • Nunca precisar desfragmentar o disco rígido.
  • Poder instalar e desinstalar programas sem que deixem vestígios ou acumulem resíduos que façam reduzir o desempenho da máquina.
  • Executar uma reinstalação completa do sistema em menos de uma hora.
  • Personalizar tudo o que você quer legalmente, até mesmo localizar os desenvolvedores de softwares para fazer perguntas além de contribuir com ideias e participar na criação do software.
  • Ter um grande número de programas abertos sem perda de performance.
  • Executar múltiplos desktops e permitir que vários usuários utilizem o PC ao mesmo tempo.
  • Redimensionar uma partição no disco rígido, sem exclusão e perda de dados.
  • Usar seu computador por mais de cinco anos sem ter que substituí-lo por um mais moderno.
  • Navegar na Internet enquanto o sistema operacional está sendo instalado.
  • Recuperar partições que o Windows dá como mortas.
  • Ter um Live CD para testar o sistema operacional e saber o que estou prestes a instalar.
  • Obter o código fonte de tudo, incluindo o núcleo do sistema operacional.
  • Configurar o núcleo do sistema para não usar os setores defeituosos de RAM.

Ficou espantado com a capacidade do Linux? Então jogue fora isso que você chama de sistema operacional.

Helbert Rocha

Business & Linux Admin | Digital Mkter | Live in Rio | Love Jesus
Google+