O que mata o desktop Linux

Faz tempo que venho acompanhando o aumento da adoção de novos aparelhos como tablets e smartphones pelo grande público analfabeto digital. Isso fez com que eu me perguntasse: por que eles não usam Linux, se conseguem usar o Android, o iOS, ou até mesmo o Windows Phone? Essa pergunta é tão simples de responder e ao mesmo tempo tão constrangedora, que boa parte da comunidade Linux prefere ignorar. Usabilidade é a resposta.

Usabilidade

Para começar, olhe para as vendas de tablets. Estimativas dizem que haverá mais vendas de tablets do que de PC’s até o final de 2013. Por muito tempo, muitos na comunidade Linux atribuíram a falta de adoção do Linux no desktop devido à inércia. “Os usuários do Windows não irão mudar. Velhos hábitos demoram a morrer”. Se isso é verdade, por que os tablets – que quase que exclusivamente não executam Windows – são capazes de ter sucesso?

Os tablets estão focando no ponto fraco da indústria de PC’s: usuários domésticos. Estas são as pessoas que não se preocupam particularmente se têm o Microsoft Office ou não. Eles não se importam se o seu emulador funciona perfeitamente. Eles só se preocupam com a usabilidade, e eles só se preocupam com o conteúdo.

Usabilidade nunca foi um ponto forte no Linux. A instalação melhorou mas quando as coisas vão mal ainda é um pesadelo. Você já viu a lista de programas padrão na maioria das distros? Gwibber e Gimp podem até ser programas bons mas esses nomes não significam nada para um novo usuário não iniciado no software livre.

O conteúdo é ainda mais terrível. Eu não sou fã de DRM, mas nós criamos um ambiente tão hostil para os criadores de conteúdo que nenhuma empresa de mídia vai se interessar pelo Linux. Seria fantástico se eu pudesse assistir ao Netflix, como eu posso em todos os outros dispositivos que possuo. É um problema no lado do software também. Jogos de alta qualidade são cruciais para o apelo de uma plataforma.

Boas novas

Há boas notícias também. Apesar de todas as críticas, acho que as coisas estão indo na direção certa. Temos o Gnome 3 e a Valve que está portando alguns de seus jogos para Linux. Tudo isso servirá de arma contra a “catástrofe” que é o Windows 8. Se as coisas correrem bem, tudo isso pode ajudar a convencer os outros desenvolvedores a seguirem esses exemplos.

Falando em Windows 8, é uma mudança tão radical que poucos usuários de PC o adotarão no momento. Esta é uma grande oportunidade para o código aberto. Mas ainda há muito trabalho a se fazer.

Business & Linux Admin specialized in SEO. Live in Rio and love Jesus.
Google+

  • responder Julio ,

    Android Webkit 4.0 Android Webkit 4.0 no Android 3.2.2 Android 3.2.2

    Na minha opinião o Linux é um lixo!!!

    MeuPinguim responde: E vc usa esse lixo pq o seu Android é Linux. Pesquise mais antes de falar besteira.

    • responder Julio ,

      Android Webkit 4.0 Android Webkit 4.0 no Android 3.2.2 Android 3.2.2

      Eu falando merda? Tu bebeu? Vc mesmo comprovou com a postagem. Android é melhor e sempre vai ser!!!

      MeuPinguim responde: Android não é melhor pq o sistema Android foi criado com o Kernel do Linux. Logo, sem o Linux não existe Android. Android é Linux, Linux é Android. Entende isso ou quer que eu desenhe?

      • responder Guilherme7TW ,

        Opera 12.02 Opera 12.02 no Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition

        Não alimente os trolls, são incapazes de entender qualquer coisa…

      • responder Alessandro ,

        Firefox 10.0 Firefox 10.0 no Windows 7 Windows 7

        Windows Phone detonou o Android. Windows detona o Linux. Obrigado Bill Gates.

        • responder Jones ,

          Google Chrome 23.0.1271.64 Google Chrome 23.0.1271.64 no GNU/Linux x64 GNU/Linux x64

          Alessandro, apesar de você ser fanboy do Windows, tenho que corrigir algumas de suas afirmações.
          A correção da primeira é que Windows Phone não detona Android e sim que Android é o Sistema Operacional Mobile que mais cresce no mundo, que detona o Windows Phone de vez.
          Windows ganha em popularidade em Desktop, mas quando se trata de servidores e super computadores, a situação se reverte e quem vence de lavada é o Linux.
          Mas nós respeitamos todos os usuários de Windows, pois Linux não foi feitos para “Noobs”.

      • responder Felipe Villela ,

        Firefox 15.0 Firefox 15.0 no Ubuntu x64 Ubuntu x64

        toma no cu post de merda quer usar o arch linux que é dificil de usar e fica cheio de mimimi falando mau do linux que nem é um sistema operacional apenas um kernel e um belo kernel falle mau de distros mas não o linux em si se burro!

        MeuPinguim responde: Aprenda a escrever primeiro. Seu burro.

        • responder Jones ,

          Google Chrome 23.0.1271.64 Google Chrome 23.0.1271.64 no GNU/Linux x64 GNU/Linux x64

          Felipe Villela, você está Possuído ou Demoniado? rs

          • responder Bruno ,

            IceWeasel 10.0.11 IceWeasel 10.0.11 no GNU/Linux GNU/Linux

            Ubuntu que é um lixo filho da minha distro Debian, e tão bugado quanto o Ruindows! e só gera usuário noob também, aff.

            • responder Rogerio M. Souza (souzarm@gmail.com) ,

              Firefox 17.0 Firefox 17.0 no Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition

              @Felipe Villela

              Ô bichinho burro! E ainda pensa que é esperto.

              O artigo só falou que o Linux é complicado de usar. E citou usabilidade.

              Você compra um carro e dirige. Somente isto. Você não quer saber como é que é feito ou como funciona o motor e as engrenagens. A não ser que você seja curioso.

              Ô bichinho burro e jumento! Os dois ao mesmo tempo!

            • responder Guilherme7TW ,

              Opera 12.02 Opera 12.02 no Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition

              Concordo que com o lançamento do Windows 8 seria uma grande oportunidade para o software livre, porém tenho grandes questões quanto a uma escalada na adoção do linux nesse período inicial dessa nova versão do projeto d s.o. da Microsoft.

              Os ambientes gráficos do mundo linux não estão muito bem das pernas… o Gnome está seguindo o caminho de uma completa “touchlização” de sua interface. Até acredito que o touch é um caminho inevitável e representa o futuro da interação com a informática, mas o presente está deixando de ser atendido como deveria. O desktop convencional ainda não está pronto para a entrada por toque na tela. Afinal, qual o foco do Gnome atualmente ? Ícones enormes, deslizar para desbloquear, botões gigantescos são mais amigáveis para a entrada via dedos na tela, mas um notebook ou um desktop caseiro com um monitor de 20 pol (ou menos) são touch ? O Gnome perdeu o foco completamente, a menos que a idéia seja construir um s.o. para tablets (coisa que seria absurda no atual modelo de venda e desenvolvimento de tables), é um ambiente gráfico que não atende totalmente nem um ambiente touch, nem um ambiente desktop.

              Por outro lado o KDE está bastante maduro e com idéias interessante, porém o maior defeito do KDE é justamente a usabilidade. (Eu adoro esse ambiente gráfico mas…) O KDE é desorganizado, caótico, pouco intuítivo e oferece opções até demais. Gosto de ter controle sobre tudo no meu sistema, mas se o KDE quer ser adotado em massa, vai ter que se simplificar muito. Não que ele seja difícil, mas é um ambiente confuso.

              O XFCE era um projeto que eu apostava muito, mas infelizmente ele não conseguiu atrair desenvolvedores e os fundadores estão com afazeres que não permitem total dedicação ao ambiente. É só olhar a lista de e-mail ou o blog de desenvolvimento, meses se passam antes de qualquer postagem sobre novidades do projeto. A versão 4.10 foi um lançamento sem grandes novidades, parecendo até estar incompleta.

              Existem outros ambientes gráficos, mas alguém acredita que um usuário leito e doméstico iria se adaptar ao um (Black)(Flux)(Open)(ou qualquer outro)*box da vida ? Não creio.

              O projeto que me surpreendeu recentemente foi o ElementaryOS. Testando a última build disponível (09/09/2012) fiquei impressionado com seu novo ambiente, chamado pelo projeto de Gala. O ElementaryOS está se tornando o que eu considero ideal para um usuário doméstico (e até os novatos), tem um ambiente leve, bastante rápido agradável esteticamente e consistente, o problema é que o ElementaryOS só será lançado “quando estiver pronto” nas palavras dos desenvolvedores… E estou cada dia mais convencido que isso quer dizer: NUNCA.

              A distro que poderá crescer mesmo com essa situação será o Ubuntu. A Cannonical firmou fortes parcerias, tanto de hardware quanto de software, tem uma equipe bem grande e a vários anos segue o caminho de não ser só mais uma distro linux (como é o Fedora, openSuSE, Mageia) para se tornar “algo mais”. O Unity não me agrada, mas representa um grande diferencial e demonstra maior atenção no contato com o usuário.

              Assistirei o desenvolvimento dessa novela, o Windows 8 está aí, e qual o grande produto linux que temos para competir com ele ? Creio que só o Ubuntu no momento, e esse não me agrada totalmente, vamos ver se agradará o mercado.

              • responder Alessandro ,

                Firefox 10.0 Firefox 10.0 no Windows 7 Windows 7

                Engano seu. Ubuntu perdeu o topo faz tempo. Mint agora reina.

                • responder Gorodan ,

                  SRWare Iron 29.0.1600.1 SRWare Iron 29.0.1600.1 no GNU/Linux GNU/Linux

                  MInt só faz sucesso por causa do Ubuntu.

                  KDE é o cara! Se não fosse pesadão instalaria na minha máquina de apenas 1 gb de ram!

              • responder Linux SJC ,

                Google Chrome 19.0.1084.52 Google Chrome 19.0.1084.52 no Windows XP Windows XP

                E o Administrador do site deve ter parado de usar linux. Ou não quer mais que ninguém use. Ou acesse este site. Ou está sendo financiado pela Microsoft. Ou se desestimulou ao instalar o Hannah Montana Linux.

                Ou algum outro motivo absurdo. Agora, impossível o Site Adm ainda usar ou gostar de Linux (ou sistemas GNU/Linux) com os posts que vem desenvolvendo…

                Eu reparei que o site anda parado, com médias de postagens a cada 50 dias. No “Top Five”, um post sobre o que se perde usando Linux. O mais recente é um post falando mal da usabilidade do Linux. Bom, conseguiremos grandes discussões entre os usuários experientes, talvez, mas iremos afastar os novatos que pesquisam antes de fazer a mudança. Acho que o site poderia apostar em mais conteúdo para iniciantes (atrativos) e para os usuários mais experientes, evitando esses posts absurdos e “contrários à causa”.

                Ainda, quando alguém vem comentar que não gosta de Linux, o tom agressivo das respostas não ajuda em muito. É necessário repensar o site e a postura, acho eu.

                Por estar no trabalho, vai aparecer que estou no Windows e Google Chrome, mas, em casa, e no meu note, uso Fedora 17 (Gnome Shell [notebook] e KDE [Desktop]), juntamente com seus navegadores padrões (Epiphany/Mozila Firefox e Konqueror).

                MeuPinguim responde: Amigo, obrigado pelo comentário. Amo o Linux, mas temos que admitir que com o advento dos tablets e smartphones está cada vez mais difícil acreditar no milagre do Linux. Estou apenas sendo realista. Há 20 anos que o Linux tenta sair do 1% de market-share quando somente competia com o Windows. Agora que temos diversas opções de sistemas operacionais entre mobiles (que é a tendência entre os usuários finais) você realmente acha que o Linux vai sair desse patamar? Ainda mais com as decisões estapafúrdias que os “pensadores” do Linux vêm adotando. Você pode estar achando estranho eu dizer que amo o Linux criticando o tempo todo. Acontece que quem ama, repreende. Gostaria de ver o Linux em um patamar superior. Superar suas deficiências, mas para isso, é preciso reconhecê-las. Um forte abraço.

                • responder Rogerio M. Souza (souzarm@gmail.com) ,

                  Firefox 17.0 Firefox 17.0 no Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition

                  @Linux SJC

                  Está explicado porque o Linux só faz sucesso mesmo em servers.

                  É lógico que o Linux é um monstro. Dos bons e incríveis.

                  É lógico que um país prefere ter o total controle do seu SO do que comprar uma furada do M$ RWindows.

                  Agora para os usuários, o Linux é uma porcaria. Curva de aprendizado astronômica. Retorno pífio.

                  O site está de parabéns. Tem que ser crítico. E são críticas muito construtivas.

                  O Linux é o bicho, porém a usabilidade é zero.

                  O Linux já teria trucidado o RWindows: —> Somente isto teria acontecido se os doutores do Linux tivessem gasto seu tempo e energia em dar para o usuário mediano ou iniciante um ambiente mais fácil ainda e de graça. Isto é a famosa usabilidade. Usabilidade para estes otários (sim – os usuários de PC preguiçosos). Usuários que não sabem nem para onde o seu nariz aponta. Usuários que são os consumidores.

                  Helbert Rocha, você é muito corajoso em dar sua cara a tapa.

                  Melhor do que muito nerd metido por aí que só sabe enxergar o próprio umbigo e não sabe enxergar a fragilidade de interface do Linux com os usuários comuns.
                  Saber ser muito phoda com o terminal e dominar tudo de Linux é tudo de bom, agora não enxergar o que o mundo ao redor precisa é ser bitolado.

                • responder Jean ,

                  rekonq rekonq no GNU/Linux GNU/Linux

                  Concordo em partes com o artigo. Usabilidade ainda é um problema, porém eu acho que o que mata o Linux é o marketing. Veja o caso de sucesso da Apple, que sempre investiu fortemente em maketing.

                  • responder Rogério ,

                    Google Chrome 21.0.1180.89 Google Chrome 21.0.1180.89 no GNU/Linux x64 GNU/Linux x64

                    Espero que o Linux continue sendo um SO alternativo para PC, o fato de haver poucos usuários é também vantajoso, pois ninguém vai querer criar malware para um sistema que está em apenas 2% dos PCs.

                    • responder rick ,

                      Firefox 16.0 Firefox 16.0 no Ubuntu Ubuntu

                      O Unity traz bastante usabilidade, tanto é que foi o Ubuntu o sistema escolhido entre diversos sistemas para desenvolvimento de addons, (lentes do unity) e até mesmo a Valve
                      Muitos dizem que a canonical ERROU em ter criado o Unity, mas a verdade de quem foi responsavel por essa mudança foi a Gnome que quis inovar os ambientes graficos e forçando os sistemas a usarem o gnome-shell que até o presente momento está “cru” comparando com o Unity.. vejam o site de extenções, a maioria nao funciona nas atuais versões, precisa fazer gambiarra para funcionar, nada pratico.
                      para quem nao sabe o Unity roda sobre o gnome 3, foi uma opção da Canonical nao perder a sua indentidade e interatividade de antes, visto que vários APPLETS do gnome classic roda no Unity bem como o Compiz.

                      • responder rck ,

                        Unknown Unknown no Unknown Unknown

                        Gostei do post. Isso mostra que este não é um site de fanboys, e sim de usuarios inteligentes do linux.
                        Gosto do Linux, acho que o linux merecia ser mais popular que o windows, mas não aturo gente dizendo que só devemos usar software livre ou de codigo aberto… Por mais que eu possa melhorar o software de codigo aberto, nem todos são programadores que podem deixar o gimp melhor que o photoshop.

                        O problema está na questão pratica.

                        • responder Alessandro ,

                          Firefox 10.0 Firefox 10.0 no Windows 7 Windows 7

                          Para merecer tem que fazer por merecer. Alguns acham que basta querer. Engano seu. O Ubuntu com a Unity mostrou o que nao se deve fazer.

                          • responder Gorodan ,

                            SRWare Iron 29.0.1600.1 SRWare Iron 29.0.1600.1 no GNU/Linux GNU/Linux

                            Véi me ensina ocultar o nome do navegador e do sistema por favor!

                          • responder Rafael ,

                            Chromium 17.0.963.56 Chromium 17.0.963.56 no GNU/Linux x64 GNU/Linux x64

                            Será que só eu gostei da usabilidade do gnome 3?! Estou usando no arch linux com systemd, o troço ficou muito rápido mesmo, quase mais rápido que o FreeBSD que uso à anos.
                            Tem algumas coisas para melhorar na interface sim, mas está muito bom, bem melhor que a do windows 8.
                            O iOs faz sucesso pq é uma interface rápida, bem interativa e estavel. Claro que o hardware que a apple usa também ajuda nisso tudo.

                            • responder Ademir ,

                              rekonq rekonq no GNU/Linux GNU/Linux

                              Os que não gostam do Linux são uns idiotas que não sabem que é o sistema operacional livre para usar.

                              • responder anderson ,

                                Android Webkit 4.0 Android Webkit 4.0 no Android 4.0.3 Android 4.0.3

                                Propaganda e’ a alma do nego’cio e muitas pessoas nao usam linux porque nem mesmo sabem o que e’ linux. Apesar de escrever sofrivelmente de um tablet android, no desktop eu vou de xubuntu 12.04! :-)

                                • responder Denial.info ,

                                  Firefox 17.0 Firefox 17.0 no GNU/Linux x64 GNU/Linux x64

                                  É sempre a mesma conversa tola entre usuários Linux e usuários Windows. Acho que todos devem deixar de lado a agressividade e tentar debaterem ideias como seres pensantes e educados. Só assim poderemos chegar,quem sabe, a um denominador comum. O grande aspecto a meu ver, pelo insucesso do Linux entre usuários básicos é mesmo quanto a usabilidade e funcionalidades básicas que não estão presentes em modo default nas distribuições Linux. Reparem que ao utilizar maquinas com Windows em modo offline qualquer pessoa pode, a exemplo, transformar o computador numa central de entretenimento audio-visual, sem necessidade de instalações especificas para rodar um DVD ou arquivos mp3. Também é possível entupir um pendrive ou dvd com softwares e instalá-los facilmente sem preciso ter uma conexão de internet para isso, afim de resolver as “dependências”. Já em ambiente Linux isso estas pequenas tarefas são quase que impossíveis de se realizar. Outro aspecto que também geralmente não me agrada na maioria das distros é o visual, com exceção do OpenSUSE que me agrada muitíssimo e que hoje é meu SO base. O Ubuntu, embora tenha a melhor usabilidade dentre os ambientes Linux, tem pecado um pouco nas suas ultimas versoes. Bom, todos sabemos que a ausência de softwares consagrados, como softwares da Adobe, CorelDraw, 3D Max, Cinema 4D, games fodásticos e players de áudio e vídeo bonitos e eficientes também pesam uma tonelada nesta questão. Outra coisa que também acho ser necessário é investimento em publicidade. Ao recomendar a utilizaçao de um SO Linux para alguem, pense quais os pontos positivos que você usa para converser a pessoa a experimentar o sistema. Eu não consigo pensar em apenas 2 que realmente fazem a diferença: segurança e possibilidades de personalização. Citar a alguém que os programas para Linux são livres (gratuitos), bem como o próprio SO não é vito como vantagem, visto que no Windows é fácil baixar softwares com seus seriais e/ou cracks. Também dizer que usuários de Windows são burros e de Linux são foda, não é uma tática eficiente de convencimento. Canso de ver em fóruns, sites e blogs usuários ofendendo as pessoas que fazem uso de Windows, como se tivessem uma doença infecciosa. Mas, acho que o que realmente pesa na decisão final de testar ou não é quando perguntam sobre a possibilidade de instalar jogos como Counter Strike, Call of Dutty, Crisis, Resident Evil, Batman, Batlefield, etc. Aí é quando se percebe o desinteresse da parte da pessoa quanto a utilizar sistemas Linux.
                                  Sou defensor do uso de ambos os sistemas operacionais, afim de aproveitar as vantagens que eles podem nos proporcionar em diferentes tarefas e situações. Tentar descriminar um ou outro é a pior opção que poderíamos seguir.

                                  • responder Rogerio M. Souza (souzarm@gmail.com) ,

                                    Firefox 17.0 Firefox 17.0 no Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition

                                    Excelente artigo.

                                    De uma verdade indiscutível.

                                    O Linux é o melhor. Porém é o pior em termos de usabilidade prática para os usuários.

                                    Os craques do Linux são os melhores! São os mais esforçados! São os mais inteligentes! São os PHD’s de verdade.

                                    Porém na prática vejam a fortuna trilionária da M$ e da Apple.

                                    Apesar da liberdade do Linux, quem consegue ser mais prático? Os super nerds ou os FDP capitalistas?

                                    Parabéns aos que fizeram o Linux chegar onde chegou!
                                    Uma puxada de orelha aos que não deixaram o Linux desktop ainda explodir totalmente!

                                    • responder Paulada ,

                                      Firefox 17.0 Firefox 17.0 no Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition

                                      Cara, o Android é Linux. O fonte do Linux está aí para ser utilizado em distribuições que estão sendo aprimoradas. Veja como está a evolução do KDE e até do Gnome. Distros como Ubuntu, Big Linux, Mint Linux já tem cara de usuário final. Tenho um amigo que não saca nada de computador, nada mesmo, mas sempre pede para eu colocar o Ubuntu no notebook dele porque segundo ele é fácil e assim ele pode entrar nos sites pornográficos sem ser infectado.
                                      O Android é a grosso modo um “Linux com o Compiz habilitado cheio de widgets na tela”.

                                      • responder Wellington Saraiva ,

                                        Google Chrome 20.0.1132.47 Google Chrome 20.0.1132.47 no GNU/Linux GNU/Linux

                                        Concordo com o artigo de maneira total. A maioria dos usuários comuns não querem saber de compilar códigos, mexer em terminais, executar comandos e muito menos ter que procurar ajuda em fóruns. A verdade é que um usuário simples e comum, também quer uma tarefa simples e comum. Creio eu que o que mais assusta à alguém que nunca tenha usado linux, seja o terminal e seus milhares de comandos: Usabilidade, facilidade, simplicidade, praticidade… Pra instalar um jogo, seria apenas pegar seu executável e dar dois cliques!
                                        Que tal deixar os códigos e terminal um pouco de lado e focar um pouquinho em uma interface gráfica para usuários que ainda não estão familiarizados no mundo Linux.
                                        Sou um usuário de Windows e também adoro Linux e suas várias “ramificações”.
                                        .
                                        .
                                        .
                                        .
                                        .
                                        .
                                        E para finalizar este comentário, gostaria de fazer uma pergunta que tenho e não vejo explicação para tal:

                                        Por que a maioria dos usuários linux se dirigem ao Windows de maneira “hostil”?
                                        Penso eu que tal comportamento não fará com que as pessoas migrem para o nosso pinguim. Vamos mostrar que os usuários de Linux também possuem educação além da inteligência “né” pessoal. :) Boa noite à todos vocês e uma excelente virada de Ano.
                                        Feliz Ano Novo

                                        • responder Gorodan ,

                                          SRWare Iron 29.0.1600.1 SRWare Iron 29.0.1600.1 no GNU/Linux GNU/Linux

                                          O que mata o desktop Linux é a falta de liberdade! Sim! Liberdade!
                                          Eu não posso ter facilmente duas versões diferentes do mesmo programa instalado. Quero ter o Gimp 2.4 e 2.8 ao mesmo tempo! Quero poder instalar versões antigas na minha máquina e novas que eu quizer.
                                          Os desenvolvedores de software livre não empacotam para todas as distribuições assim que a versão mais nova sai. Raros são os programas. Se a versão mais nova do Winamp sair, não preciso compilar nem esperar alguém dos repositórios usar backport. Exceções são softwares como libreoffice que tem o deb ou rpm atuais pra instalar. Resumindo: Linux não é liberdade de fato!

                                          Usar o plugin do timidity ou fluidsynth pra tocar midi ninguém merece. ALSA é uma bela duma bosta. Mas o meupinguim vai censurar isso pois ele esconde a verdade…

                                          • responder Eduardo Barbosa ,

                                            Firefox 26.0 Firefox 26.0 no GNU/Linux x64 GNU/Linux x64

                                            O post foi bem escrito mas, como tudo na vida, cada um tem uma opinião.

                                            Na minha, o Linux é um kernel muito sólido, robusto e seguro. Por ser livre, abre um leque de oportunidades para desenvolvedores de todo o mundo, diferentemente do Windows. Fato esse faz existir Gnome, KDE, XFCE, LDXE…

                                            Quanto a esses, vem a questão da usabilidade. Só utilizei o Gnome 2, 3 e XFCE e gostei muito da usabilidade de todos. O Gnome 3 pra mim, é fantástico. Não gosto da usabilidade do Android e, sinceramente, gostaria de uma distro como o Arch em um tablet.

                                            Em resumo, acho que alguns comentários estão fora do propósito. Algumas pessoas nunca aprenderam o que é educação de verdade e nem comentar alguns assuntos.

                                            Além disso, acho que deveriam buscar fórum de outros sistemas operacionais.

                                            MeuPinguim responde: Perfeito. Parabéns pela sensatez e educação. Abraços, voltem sempre.

                                            Deixe um comentário