Quem é o dono do seu computador?

Às vezes uma atualização de software aparentemente pequena pode te levar a um mundo totalmente novo. Quando a Microsoft liberar uma pequena atualização do Windows 7 com um título bobo chamado “Atualização para o Microsoft Windows (KB971033)”, seu sistema Windows 7 irá onde nunca esteve antes. E pode ser um lugar onde você não quer ir. Acredito que você usuário do Windows Seven não esteja sabendo disso, até porque se você souber talvez não goste nem um pouco. Deixe-me explicar melhor aquilo que poderá acontecer com você usuário de Windows pirata.

Cuidado

Imagine que você está sentado tranquilamente em sua sala no seu PC, talvez vendo o YouTube. De repente, dois caras fortes vestindo terno entram em sua casa e exigem que você deixe-os verificar o computador para se certificar de que ele é “verdadeiro” e não utiliza software pirata. Você protesta que você comprou-o na loja e está na lei, mas eles são insistentes – assim você cede e deixa-os avançar. Mesmo você insistindo que comprou o seu computador numa loja de varejo no fim da rua há uns meses, e não instalou nenhum software pirata, os visitantes declaram que o computador “não é verdadeiro” de acordo com a última lista de sistemas piratas, e ainda dizem “nós vamos deixar você usá-lo mas estamos modificado o sistema para que ele constantemente esfregue na sua cara que é pirata até que você pague por um sistema original”. E assim eles seguem de porta em porta pela rua.

E agora?

Você, então, percebe que o papel de parede em seu computador tornou-se totalmente preto, e apareceram notificações estranhas o tempo todo que incitam-o a pagar para se tornar original. Ridículo? Bem, uh, na verdade, não. A Microsoft definitivamente tem um interesse válido na luta contra a pirataria de seus produtos. É um problema sério, com consequências negativas para a Microsoft e seus usuários. Mas a Microsoft está prestes a embarcar em uma escalada de esforços anti-pirataria que muitos consumidores estão propensos a considerar ser uma invasão grave e indesejável, pelo menos. É importante você entender o que a Microsoft vai fazer e quais são suas opções.

Planos

Com o lançamento da “Atualização para o Microsoft Windows (KB971033)” vai mudar a ativação atual e o comportamento anti-pirataria do Windows 7, provocando envio automático de dados através da Internet para servidores da Microsoft, normalmente, por enquanto, em intervalos de cerca de 90 dias. O objetivo? Verificar se você está executando uma cópia pirata do Windows, executar várias ações com intuito de alterar o comportamento do seu PC se o sistema WAT (Windows Activation Technologies) acreditar que você não está devidamente autenticado e original. Estas consultas automáticas acontecerão repetidamente enquanto o Windows estiver instalado, validando o Windows 7 com o banco de dados mais recente da Microsoft (atualmente, incluindo mais de 70 ativações de exploits conhecidos pela Microsoft).

Punição

O seu sistema de correspondências (que até o momento tinha declarado ser original), será rebaixado para o estado “não-genuíno” até que você tome medidas para obter o que a Microsoft considera ser autêntico. Em alguns casos, você pode conseguir isso de graça se você convencer a Microsoft que você foi vítima de um golpe, mas você tem que mostrar-lhes a prova. Caso contrário, você vai precisar abrir a sua carteira.

Sistemas piratas continuarão a funcionar normalmente, mas haverão algumas mudanças muito significativas (e muito chatas). O fundo irá mudar para preto. Você pode configurá-lo de volta para o que quiser, mas depois de uma hora voltará para preto. Diversas notificações serão exibidas em intervalos para te “lembrar” que o seu sistema está marcado como um provável pirata e te oferecer a oportunidade de comprar uma licença do Windows 7. Algumas serão janelas que aparecem na inicialização ou no momento do login, outras aparecem com frequência (talvez a cada 20 minutos ou mais) como janelas de tela principal e anúncios pop-up de tarefas.

E pra piorar, a Microsoft não está sozinha em tais movimentos. Por exemplo, um grande fabricante de jogos para PC anunciou que os seus jogos em breve deixarão de funcionar se você não tiver uma conexão à Internet para permitir que eles se autentiquem a cada execução. Então meu amigo, está para iniciar uma nova era na caça aos sistemas Windows crackeados. A escolha é sua. Ter a sua privacidade violada e pagar por uma licença cara onde somente um PC poderá ter essa licença, ou usar um sistema operacional livre de vírus, totalmente customizável, seguro, estável, e que suprirá todas as suas necessidades diárias. Se essa última for a sua opção, esse sistema se chama Linux e te garanto que você será o dono do seu computador.

Helbert Rocha

Business & Linux Admin | Digital Mkter | Live in Rio | Love Jesus
Google+

  • Carlos
    Firefox Firefox no GNU/Linux GNU/Linux

    Vamos ver o que os crackeadores de plantão vão inventar para burlar esta tática da M$.

  • Jacob
    Firefox 3.6 Firefox 3.6 no Windows 7 Windows 7

    Em breve vai ter um patch para o WAT feito pelo Razor… liga n

  • Edwaldo
    Firefox 3.5.8 Firefox 3.5.8 no Ubuntu 9.10 Ubuntu 9.10

    Ah, se existem 3 pessoas para fazer algo de bom, existem 10 para fazer sacanagem. Nesta história, o Vader sempre dá um jeitinho de entortar a espadinha do Jedi e lavar mais alguns adeptos para o lado negro da luz, tirando-os do lado rosa, huá, huá.
    Considerando um roubo o custo de um software Microsoft, Adobe, Corel, Norton e assim por diante, viva os Vaders crackeadores e seus seguidores pirateiros e consumidores! Abaixo o Jedi rosado! Além do mais, ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão!