Ubuntu 13.10: Guia de Pós-Instalação

Olá meu amigos. Estamos aqui novamente para mais um guia de pós-instalação do sistema operacional Ubuntu. Mas desta vez para a sua versão 13.10, Saucy Salamander. Como já é de tradição aqui no MeuPinguim e também em muitos outros sites especializados em Linux e/ou Ubuntu, esse guia foi feito com bastante cuidado e calma para prover a todos os interessados um conteúdo melhor e mais apurado. Portanto, vamos começar logo porque temos muita coisa para falar. Na sequência, uma breve introdução sobre o sistema Linux mais famoso do mundo: Ubuntu.

Ubuntu Linux

O Ubuntu é um sistema operacional Linux projetado principalmente para uso em computadores pessoais, embora a edição para servidores também exista. Possui uso global estimado em mais de 12 milhões de usuários, tornando-se a distribuição Linux mais popular com cerca de 50% do market-share de desktops Linux. Em janeiro de 2012, estimou-se que 20 milhões de pessoas usavam o sistema operacional. Muitos passaram a usá-lo por não possuir vírus, spyware e malware, além de ser gratuito. O Ubuntu é patrocinado por uma empresa sediada no Reino Unido: Canonical Ltd. A Canonical gera receita com a venda de suporte técnico e serviços relacionados ao Ubuntu, enquanto o próprio sistema operacional é totalmente gratuito.

ubuntu 13.10 guia

Ubuntu 13.10 Saucy Salamander

Agora que você já sabe o que é o Ubuntu, vamos então entrar no universo da versão 13.10 que possui o codinome Saucy Salamander, ou melhor, Salamandra Atrevida. Sua configuração mínima recomendada é 1 GHz Pentium 4 com 1 GB de RAM e 5 GB de espaço no disco rígido. Como esse guia é um pós-instalação, estamos supondo que todo o processo de instalação já acabou. Agora, se você reiniciou o computador após a instalação e seu computador não iniciou corretamente, você pode corrigir seu bootloader GRUB com um programa chamado Boot-Repair.

Boot-Repair

O Boot-Repair é uma ferramenta simples para reparar problemas de inicialização quando você não consegue iniciar o Ubuntu depois de instalar o Windows ou outra distribuição Linux, quando o GRUB não é mais exibido, ou quando algumas atualizações quebram o GRUB. Para isso, você terá que iniciar o sistema a partir do Live CD do Ubuntu novamente e, em seguida, executar este comando no Terminal:

sudo add-apt-repository ppa:yannubuntu/boot-repair && sudo apt-get update && sudo apt-get install -y boot-repair && boot-repair

Grub Customizer

Para personalizar o GRUB do Ubuntu 13.10, você pode usar o Grub Customizer. Esse programa permite que os usuários alterem as configurações do Grub sem usar a linha de comando. O aplicativo permite ao usuário adicionar, remover, congelar, renomear e reordenar os itens do menu de inicialização. Ele também permite alterações nas configurações de imagem de fundo e tempo de espera do menu. Para usá-lo, digite no terminal:

sudo add-apt-repository ppa:danielrichter2007/grub-customizer && sudo apt-get update && sudo apt-get install grub-customizer

Gnome Session Fallback

Se tudo ocorreu bem, agora você deve estar logado em sua nova área de trabalho do Ubuntu 13.10. Se você não vai com a cara do desktop Unity, o desktop padrão do Ubuntu, você pode voltar para aquele Gnome leve sem efeitos 3D e simples que tinha antigamente sem precisar instalar o MATE, o fork do Gnome 2. Para instalar o visual Classic Ubuntu, digite no terminal:

sudo apt-get install gnome-shell gnome-session-fallback indicator-applet-appmenu gnome-tweak-tool

Agora, você tem que encerrar a sessão e selecionar o Gnome Classic no menu de login. Uma vez dentro do Gnome classic, você pode personalizá-lo com o Gnome-Tweak-Tool usando alguns temas do Gnome-Look.org.

Unity Tweak Tool

Essa ferramenta de personalização do Unity no Ubuntu 13.10 tem como objetivo alterar a aparência e as configurações do desktop. Você pode instalá-lo via terminal assim:

sudo add-apt-repository ppa:freyja-dev/unity-tweak-tool-daily && sudo apt-get update && sudo apt-get install unity-tweak-tool

Atualização do Sistema

Se você até esse ponto ainda não efetuou a total atualização do sistema, é hora de fazê-la. Para isso, basta digitar no terminal o comando abaixo:

sudo add-apt-repository "deb http://archive.canonical.com/ $(lsb_release -sc) partner" && sudo apt-get update && sudo apt-get upgrade && sudo reboot

Medibuntu

Se você precisa da reprodução de DVD’s em seu sistema, instale os pacotes de codecs de mídia do Medibuntu. Esse repositório foi descontinuado mas seus arquivos ainda permanecem no ar aguardando novos mantenedores. Aproveite enquanto é tempo.

32-bit

wget -c http://packages.medibuntu.org/pool/non-free/w/w32codecs/w32codecs_20071007-0medibuntu2_i386.deb && sudo dpkg -i w32codecs_20071007-0medibuntu2_i386.deb && wget -c http://packages.medibuntu.org/pool/free/libd/libdvdcss/libdvdcss2_1.2.9-2medibuntu4_i386.deb && sudo dpkg -i libdvdcss2_1.2.9-2medibuntu4_i386.deb

64-bit

wget -c http://packages.medibuntu.org/pool/non-free/w/w64codecs/w64codecs_20071007-0medibuntu1_amd64.deb && sudo dpkg -i w64codecs_20071007-0medibuntu1_amd64.deb && wget -c http://packages.medibuntu.org/pool/free/libd/libdvdcss/libdvdcss2_1.2.9-2medibuntu4_amd64.deb && sudo dpkg -i libdvdcss2_1.2.9-2medibuntu4_amd64.deb && sudo apt-get install ia32-libs

Atualização de 20/10/13: Estava funcionando o Medibuntu até a construção desse guia. Parece que agora morreu de vez. Mas você não vai ficar desamparado. Seguem abaixo os comandos para a nova solução:

sudo rm /etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list
curl ftp://ftp.videolan.org/pub/debian/videolan-apt.asc | sudo apt-key add -
echo "deb ftp://ftp.videolan.org/pub/debian/stable ./" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/libdvdcss.list
sudo apt-get update
sudo apt-get install libdvdcss2

Synaptic Package Manager e Gdebi

Ubuntuzeiro à moda antiga nunca se adaptou bem ao Ubuntu Software Center. Sempre foi adepto do Synaptic. Então, nada melhor do que trabalhar com ele. Leve de bônus também o Gdebi, para instalar arquivos DEB com um clique. Para isso, faça:

sudo apt-get install synaptic gdebi

Sun Java 7

Seguimos agora para os ditos aplicativos essenciais do Ubuntu 13.10. Comecemos pelo Java. Aplicativo básico para acesso a sites bancários, precisamos instalá-lo. Mas antes disso, aconselho remover o openjdk. Logo, digite no terminal:

sudo apt-get purge openjdk* && sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/java && sudo apt-get update && sudo apt-get install oracle-java7-installer

Outros Essenciais

Para resumir esse guia, segue agora um comando que vai instalar alguns pacotes essenciais para o bom funcionamento do seu sistema. São pacotes que por mais que você não precise deles nesse exato momento, não demorará muito tempo para que você precise instalá-los. São codecs, plugins de mídia, firewall, entre outros. Coisa fina. Pode confiar.

sudo apt-get install gufw build-essential checkinstall cdbs devscripts dh-make fakeroot libxml-parser-perl check smplayer libxine1-ffmpeg gxine mencoder mpeg2dec vorbis-tools id3v2 mpg321 mpg123 libflac++6 ffmpeg totem-mozilla icedax tagtool easytag id3tool lame nautilus-script-audio-convert libmad0 libjpeg-progs flac faac faad sox ffmpeg2theora libmpeg2-4 uudeview flac libmpeg3-1 mpeg3-utils mpegdemux liba52-0.7.4-dev libquicktime2 gstreamer0.10-ffmpeg gstreamer0.10-fluendo-mp3 gstreamer0.10-gnonlin gstreamer0.10-plugins-bad-multiverse gstreamer0.10-plugins-bad gstreamer0.10-plugins-ugly totem-plugins-extra gstreamer-dbus-media-service gstreamer-tools ubuntu-restricted-extras ttf-mscorefonts-installer unace rar unrar p7zip-rar p7zip zip unzip sharutils uudeview mpack arj cabextract file-roller gedit gedit-plugins gedit-developer-plugins shotwell gparted bleachbit

Drivers de Vídeo

Bem, quanto aos drivers de vídeo para o Ubuntu 13.10, sugerimos que você mantenha o driver padrão se você não for usar recursos gráficos avançados, tal como edição de vídeo e jogos. Para o uso diários como navegação na Internet e edição de textos, o driver padrão funciona muito bem além de ser bem compatível com o sistema, evitando assim dores de cabeça desnecessárias.

LibreOffice

O LibreOffice normalmente vem pré-instalado por padrão no Ubuntu, mas para ter a última versão atualizada pelos desenvolvedores, faça:

sudo add-apt-repository ppa:libreoffice/ppa && sudo apt-get update && sudo apt-get -y dist-upgrade && sudo apt-get install libreoffice libreoffice-java-common libreoffice-math libreoffice-gnome libreoffice-java-common libreoffice-pdfimport

GIMP

O GIMP (GNU Image Manipulation Program) é um editor de imagens livre. Está disponível gratuitamente em versões adaptadas para os sistemas operacionais mais populares, incluindo Microsoft Windows, Apple Mac OS X e GNU / Linux. Assemelha-se muito ao famoso Photoshop. Para usá-lo, comande no terminal:

sudo add-apt-repository ppa:otto-kesselgulasch/gimp && sudo apt-get update && sudo apt-get install gimp gimp-data gimp-data-extras gmic gimp-gmic

Conclusão

Nós poderíamos citar mais uma dúzia de aplicativos interessantes para o seu Ubuntu 13.10. Mas se você chegou até aqui, o seu sistema já está bastante completo. Agora é hora de personalizá-lo a seu próprio gosto. Dicas, sugestões ou comentários sobre algum erro nos comandos podem ser dadas logo aqui abaixo. Uma boa sorte e lembre-se: Linux é o poder!

Helbert Rocha

Business & Linux Admin | Digital Mkter | Live in Rio | Love Jesus
Google+